Por que as pessoas não falam em saúde mental?


Quando se fala em saúde mental ainda há um tabu enorme, muitas pessoas tem preconceitos sobre o assunto, alguns pensam que a questão da saúde mental é para “doido ou maluco”, e dizem: “não preciso disso”, é “frescura”, é “desperdício de tempo” e até mesmo existem pessoas que tem medo de falar sobre suas emoções e sentimentos, acham vergonhoso, ou aquelas que acham que saúde mental é um luxo, e somente os ricos podem desfrutar dela.

Mas, não se engane, não se deixe levar por essas ideias pré-concebidas e desenvolvidas de forma errônea a respeito do tema! Saúde mental é um fato. Assim como o nosso corpo físico adoece, nossa mente também pode adoecer.

O adoecimento mental existe. Adoecer mentalmente não é de forma alguma um sinal de fraqueza, que você não é bom ou que é inferior aos outros, pelo contrário demonstra que você foi forte, aguentou em quanto pode, mas que agora precisa de ajuda. Saúde mental é assunto para todas as pessoas sim.

Entendendo o conceito de saúde

E para que não haja dúvidas e antes que você diga que está ou não saudável, é importante saber qual é o conceito de Saúde atualmente aceito. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) o termo é utilizado para descrever um estado de “completo bem-estar físico, mental e social”. Valei lembrar que isso não está relacionado somente com ausência de afecções e enfermidades.

E quando o assunto é especificamente a saúde mental, temos a seguinte afirmação, por parte da OMS: A Saúde mental é determinada por uma série de fatores socioeconômicos, biológicos e ambientais.

Por que a mente adoece?

Devido ao contexto moderno, deste mundo frenético em que estamos inseridos, tudo muda numa velocidade incrível, e isso exige muito mais das pessoas, por isso não é difícil que ocorram sobrecargas mentais, sejam elas frutos de estresse no trabalho, medos, problemas familiares, afetivos, rápidas mudanças sociais, violência, violação de direitos, estilo de vida não saudável, entre tantos outros fatores que podem desencadear alguma dificuldade em relação à saúde mental.

Se sua mente não vai bem, ou seja, se você não cuida de sua saúde mental das suas emoções, seu corpo sofre, pois aquilo que não é resolvido na mente o corpo acaba transformando em doenças físicas.

Isso é a mais pura verdade e é mais comum do que você imagina! Quantas pessoas têm sofrido constantemente com: Dores de cabeça, dores musculares, problemas estomacais, palpitações, nervosismo, insônia, enjoo, falta de ar, sensação de aperto no peito, boca seca, cansaço, tremores, tonteira, problemas de memória, falta de concentração, impotência, refluxo, azia, aumento do apetite, Desregulação do ciclo menstrual, manchas no corpo.

Por mais que se faça exames médicos, nunca esses exames apontam nada de anormal. Isso só ocorre, pois, o sofrimento está presente na mente, sendo fruto de algo que não foi resolvido de forma correta, talvez esteja relacionado a um trauma, uma emoção reprimida, as pressões e o estresse do dia a dia, mudanças repentinas e tudo mais que a mente não está conseguindo lidar mas que o corpo está mostrando que precisa ser resolvido.

A importância da saúde mental

Sem dúvida ter saúde mental é algo essencial e indispensável para que você possa afirmar categoricamente que goza de saúde plena e completa, e isso vai muito além da ausência de transtornos ou deficiências físicas.

Os fatores que influenciam o nível de saúde mental de uma pessoa são diversos, e podem estar associados tanto a questões sociais, psicológicas e biológicas, podendo a exemplo citar os problemas socioeconômicos, o aumento da violência, repentinas perdas, condições de trabalho, fatores psicológicos e de personalidade, fatores genéticos que podem contribuir para o desequilíbrio químico do cérebro, violação de direitos, etc.

Esses fatores acabam minando a saúde mental e por isso surge o adoecimento. Os problemas mais frequentes de adoecimento mental encontrados na população em geral são:

Estresse, ansiedade, dependência química, dependência emocional, perturbações psicóticas, medo, demências, luto, ansiedade social, pânico, relações tóxicas, dentre outros.

FONTE: https://blog.psicologiaviva.com.br/saudemental/


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo