BRASILEIROS PASSARAM A ESCOLHER BANCO POR 'CONFIANÇA'; VEJA OUTRAS RAZÕES



Pesquisa do Instituto Plano CDE também mostrou que essa confiança se reflete nos canais digitais: mais pessoas estão usando os apps das instituições financeiras

O que você leva em consideração na hora de escolher um banco? Para 24% dos brasileiros das classes C, D e E a confiança naquela instituição é a coisa mais importante. Os dados são de um levantamento encomendado pelo Banco PAN ao Instituto Plano CD. O mais curioso é que nas versões da pesquisa feitas em 2019 e 2020, menos de 1% dos entrevistados citavam a confiança no banco como o fator mais importante.


Segundo o levantamento, a principal razão para a escolha da instituição financeira é por ser o banco onde aquele trabalhador recebe o salário (citado por 37% das pessoas). No entanto, em 2020, essa razão foi citada por 49% dos entrevistados. Em segundo lugar, aparece a isenção de tarifas, apontada por 29% das pessoas (no ano passado era 28%). Em terceiro aparece "por ser um banco digital", citada por 28% (contra 31% em 2020).


Entre os mais ricos, a principal razão também é por ser o banco onde recebem o pagamento, apontada por 43% dos entrevistados (ano passado eram 46%). Em segundo lugar, no entanto, também aparece a confiança, apontada por 31%. Em 2020, o número de pessoas que citava essa razão também não chegava a 1%. Em terceiro lugar aparece a opção "por ser um banco digital" (citada por 29% contra 27% de 2020). O levantamento também mostrou o aumento da confiança em bancos e transações digitais. A maioria dos entrevistados considerou a abertura de contas por meio de aplicativos algo sem risco (39% acreditam ser "totalmente confiável" e 30%, "confiável").


O uso de aplicativos para transferências entre contas também ganhou força segundo a pesquisa. Nela, 77% dos respondentes disseram que usam esse serviço com frequência. No ano passado, esse número era de 72% e em 2019, 51%.


Já o uso do app para pagamento de contas caiu um pouco em relação a 2020. 68% das pessoas citaram que usam o serviço. No ano passado, eram 72%. Já para depósitos o crescimento foi pequeno: 43% afirmaram que usam o aplicativo contra 42% do ano passado.

Participaram da pesquisa mais de 1.500 pessoas. A margem de erro máxima era de 2,1%, com intervalo de confiança de 95%.


Gostou ou achou interessante essa matéria, compartilhe nas redes sociais.

Fonte: https://valorinveste.globo.com/produtos/servicos-financeiros/noticia/2021/04/19/brasileiros-passaram-a-escolher-banco-por-confianca-veja-outras-razoes.ghtml

4 visualizações0 comentário